Home Care

O Home Care é a união dos mais modernos conceitos em saúde desenvolvido e adotado nas regiões de medicina avançada, tais como Estados Unidos, França, Inglaterra e Japão, sendo um sistema que permite o monitoramento, tratamento e atendimento do paciente em sua residência, com estrutura montada especialmente para isso, facilitando o seu restabelecimento no conforto do seu próprio lar, junto com o carinho de sua família. É um programa perfeito, principalmente, para idosos e crianças que mais necessitam de ambientes acolhedores para uma rápida recuperação.

Seguindo a orientação do médico assistente o paciente pode ser transferido para a sua residência onde ele continuará recebendo o tratamento, cercado por profissionais capacitados e, principalmente, o carinho da família.

Trata-se da proposta mais próxima do ideal de atendimento moderno, da medicina global com envolvimento médico, paciente e família.

A participação da família no programa de atendimento domiciliar é de suma importância na recuperação do paciente. Os familiares receberão explicações sobre a doença e treinamentos que os possibilitarão participar de sua recuperação. Com isso o paciente se sentirá mais seguro, emocionalmente mais tranqüilo e, portanto, em condições de recuperar-se em tempo inferior ao da internação hospitalar, como já comprovado através de pesquisas em vários países do mundo.

Existem outras denominações utilizadas para o termo Home Care, que variam de acordo com o atendimento,tais como:

– Assistência domiciliar: é caracterizada pela efetivação de todo e qualquer atendimento no domicílio realizado por profissionais que integram a equipe de saúde;
– Atendimento domiciliar: é o cuidado prestado no domicílio, para pessoas com problemas de saúde que necessitariam se locomover até uma unidade de saúde.
– Internação domiciliar: é o cuidado no domicílio de pacientes com problemas de saúde ou egressos de hospitalização que necessitem de continuação no tratamento, mas que possam ser mantidos em casa, desde que disponham de equipamentos, medicamentos e acompanhamento diário pela equipe assistente e que a família participe de seus cuidados.
– Acompanhamento domiciliar: é o cuidado no domicílio para pessoas que necessitem de acompanhamento de sua doença, na maioria das vezes crônica.